quarta-feira, 12 de junho de 2013

Felipão terá software especial para ver opinião dos torcedores no Twitter

O técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari (Felipão), terá uma ferramenta para fazer a análise das postagens no Twitter produzidas pelos torcedores sobre os jogos da seleção na Copa das Confederações. O objetivo é reunir pensamentos de milhões de brasileiros e deixá-los disponíveis ao técnico da seleção, diz a IBM Brasil, que desenvolveu o sistema. 
Dessa forma, todos os torcedores poderão dar sua opinião e ela poderá, talvez, até ser seguida pela direção do time. A tecnologia que “escuta” os torcedores por meio do Twitter foi desenvolvida pela equipe brasileira do laboratório de pesquisas da IBM Brasil, e analisará os os tuítes escritos em português (dentro e fora do Brasil), selecionando os que estiverem relacionados aos jogos do Brasil no campeonato e determinando qual sentimento, positivo ou negativo, está associado a cada. 
A partir daí, serão geradas estatísticas e gráficos que ilustrarão os comentários sobre os temas mais discutidos no Twitter, como performance individual dos jogadores, desempenho da equipe, da comissão técnica e do árbitro antes, durante e após os jogos. O resultado dessa análise será divulgado por meio de um aplicativo chamado Ei!, desenvolvido pela IBM especialmente para o projeto, que poderá ser acessado através de um login e senha exclusivamente pelo técnico do Brasil, caso ele queira. 
Nos dias dos jogos, os resultados desta análise dos tuítes dos torcedores poderão ser vistos durante a transmissão da Band, parceira da IBM nesta ação. Segundo Claudio Pinhanez, gerente do Laboratório de Pesquisas com foco em Sistemas de Serviços da IBM Brasil, serão analisados até 5 milhões de tuítes por jogo. “Só para dar uma dimensão, a final do Campeonato Paulista, entre Santos e Corinthians, gerou quase 500 mil tuítes ao longo de três horas”, compara o pesquisador.
O Brasil é o segundo país com o maior número de usuários do Twiiter. Quase 34 milhões possuem contas na rede - número inferior apenas ao de norte-americanos, que possuem cerca de 110 milhões de perfis.
Como funciona a tecnologiaAlgoritmos foram criados pelo time do laboratório de pesquisas da IBM para identificar, filtrar e analisar todos os comentários em português do Twitter direcionados à seleção – antes, durante e após as partidas – gerando análises que podem direcionar as decisões do técnico durante os jogos. Entre as opiniões que poderão ser identificadas, por meio de palavras-chave selecionadas, independente de hashtags, estão: escalação do time, mudanças que devem ser feitas durante o intervalo, táticas que devem ser exploradas e a perspectiva dos brasileiros após o jogo com relação à performance do time, de cada jogador e do técnico. “Em outras palavras, o Ei! transformará milhões de brasileiros em treinadores auxiliares”, diz Claudio.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

COMENTARIOS

"